sábado, 8 de fevereiro de 2014

Exercícios Espirituais - Teologia do Corpo (Cristo, a redenção do Corpo, e o chamado a viver na pureza) Parte I

 
 
Exercícios Espirituais
Em nosso último encontro, refletimos um pouco mais sobre a Teologia do Corpo do Beato João Paulo II. O tema foi “Cristo, a Redenção do Corpo e o Chamado a Viver na Pureza (Nem Puritanismo, nem permissivismo)” e com certeza suscitou muitas coisas em nossa consciência e em nosso coração.
Como sempre partilhamos, a Teologia do Corpo não se restringe apenas a um estudo teórico, mas se faz mais do que necessário rezarmos com aquilo que nos é apresentado como doutrina de redenção. É preciso deixar que a Teologia do Corpo tome forma em nosso corpo, em nossa alma, em nossa vida e vocação.
Propomos que ao longo do mês você releia as suas anotações e o material disponível sobre o tema e reze com tudo o que o Senhor movimentar em seu coração através das catequeses e das reflexões sobre o tema.
Sugerimos alguns exercícios. Boa oração!
1° Exercício
Somos chamados a romper com o pecado, a viver na pureza! O Senhor está interessado com a nossa vida interior e temos os sacramentos como auxílios importantes para alcançarmos a pureza.
Procure um local reservado, faça uma oração penitente e espontânea, peça ao Espírito Santo um coração contrito. Faça um exame de consciência, busque o Sacramento da Reconciliação, se preferir, anote para não se esquecer de nada.
 2º Exercício
A partir dos nossos dois últimos encontros, é possível compreender um pouco mais sobre as consequências do pecado no coração do homem. O pecado original trouxe a concupiscência para o coração humano, e a relação original de amor e doação tornou-se ameaçada pela luxúria.
A luxúria consiste em ver a outra pessoa como objeto de obtenção de prazer, e não como pessoal integral digna de ser amada.
Mas vimos também que Cristo veio nos trazer a redenção do corpo, obtida por meio da pureza no coração, que pode ser alcançada através de uma vida sacramental e movida pelo Espírito Santo.
Já propomos a você a confissão, hoje propomos que você busque a participação na Santa Missa mais vezes durante a semana. Os frutos da comunhão eucarística são diversos, a Eucaristia faz-nos crescer no amor para com o próximo, aumenta a nossa união com Cristo, preserva-nos dos pecados mortais no futuro, perdoa os pecados veniais, nos enche de graças e bênçãos do Céu!
“Este pão é Jesus. Alimentar-nos dele significa receber a própria vida de Deus, abrindo-nos à lógica do amor e da partilha”. – Beato João Paulo II

Nenhum comentário:

Postar um comentário