sexta-feira, 20 de novembro de 2015

6ª-feira da 33ª Semana Tempo Comum

Cor: Verde


Antífona de entrada:

Meus pensamentos são de paz e não de aflição, diz o Senhor. Vós me invocareis, e hei de escutar-vos, e vos trarei de vosso cativeiro, de onde estiverdes (Jr 29,11s.14).


Oração do dia

Senhor nosso Deus, fazei que a nossa alegria consista em vos servir de todo o coração, pois só teremos felicidade completa servindo a vós, o criador de todas as coisas. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.


1ª Leitura - 1Mc 4,36-37.52-59

Celebraram a dedicação do altar, oferecendo com alegria holocaustos.
Leitura do Primeiro Livro dos Macabeus 4,36-37.52-59 36 Naqueles dias, Judas e seus irmãos disseram: 'Nossos inimigos foram esmagados.
Vamos purificar o lugar santo e reconsagrá-lo'.
37 Todo o exército então se reuniu
e subiu ao monte Sião.
52 No vigésimo quinto dia do nono mês, chamado Casleu,
do ano cento e quarenta e oito,
levantaram-se ao romper da aurora,
53 e ofereceram um sacrifício conforme a Lei,
sobre o novo altar dos holocaustos
que haviam construído.
54 O altar foi novamente consagrado ao som de cânticos,
acompanhados de cítaras, harpas e címbalos,
na mesma época do ano e no mesmo dia
em que os pagãos o haviam profanado.
55 Todo o povo prostrou-se com o rosto em terra
para adorar e louvar a Deus
que lhes tinha dado um feliz triunfo.
56 Durante oito dias celebraram a dedicação do altar,
oferecendo com alegria holocaustos
e sacrifícios de comunhão e de louvor.
57 Ornaram com coroas de ouro e pequenos escudos
a fachada do templo.
Reconstruíram as entradas e os alojamentos,
nos quais colocaram portas.
58 Grande alegria tomou conta do povo,
pois fora reparado o ultraje
infligido pelos pagãos.
59 De comum acordo com os irmãos
e toda a assembléia de Israel,
Judas determinou que os dias da dedicação do altar
fossem celebrados anualmente com alegres festejos,
no tempo exato, durante oito dias,
a partir do dia vinte e cinco do mês de Casleu.
Palavra do Senhor. 

Salmo - 1Cr 29,10. 11abc. 11d-12a. 12bcd (R. 13b)

R. Queremos celebrar o vosso nome glorioso.
10 Bendito sejais vós, ó Senhor Deus, +
Senhor Deus de Israel, o nosso pai. *
desde sempre e por toda a eternidade! R.

11a A Vós pertencem a grandeza e o poder +
11b toda a glória, esplendor e majestade, *
11c pois tudo é vosso: o que há no céu e sobre a terra! R.

11d A vós, Senhor, também pertence a realeza, +
pois sobre a terra, como rei, vos elevais! *
12a Toda glória e riqueza vêm de vós! R.

12b Sois o Senhor e dominais o universo, +
12c em vossa mão se encontra a força e o poder, *
12d em vossa mão tudo se afirma e tudo cresce! R. 


Evangelho - Lc 19,45-48

Fizestes da casa de Deus um antro de ladrões. 
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 19,45-48
Naquele tempo:
45 Jesus entrou no Templo
e começou a expulsar os vendedores.
46 E disse: 'Está escrito:
'Minha casa será casa de oração'.
No entanto, vós fizestes dela um antro de ladrões.'
47 Jesus ensinava todos os dias no Templo.
Os sumos sacerdotes, os mestres da Lei e os notáveis do povo
procuravam modo de matá-lo.
48 Mas não sabiam o que fazer,
porque o povo todo ficava fascinado
quando ouvia Jesus falar.
Palavra da Salvação. 


Sobre as oferendas

Concedei, Senhor nosso Deus, que a oferenda colocada sob o vosso olhar nos alcance a graça de vos servir e a recompensa de uma eternidade feliz. Por Cristo, nosso Senhor.


Antífona da comunhão:

Para mim só há um bem: é estar com Deus, é colocar o meu refúgio no Senhor (Sl 72,28).


Depois da comunhão

Tendo recebido em comunhão o Corpo e o Sangue do vosso Filho, concedei, ó Deus, possa esta eucaristia, que ele mandou celebrar em sua memória, fazer-nos crescer em caridade. Por Cristo, nosso Senhor. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário