sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

6ª FEIRA da 1ª SEMANA Advento

Cor: Roxo

Antífona de entrada
O Senhor descerá com esplendor, para visitar o seu povo na paz e fazê-lo viver a vida eterna.

Oração do dia
Despertai, Senhor, vosso poder e vinde, para que vossa proteção afaste os perigos a que nossos pecados nos expõem e a vossa salvação nos liberte. Vós que sois Deus como Pai, na unidade do Espírito Santo.

1ª Leitura - Is 29,17-24
Naquele dia, os olhos dos cegos verão.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 29,17-24 Assim fala o Senhor Deus:
17 Dentro de pouco tempo,
não se transformará o Líbano em jardim?
E não poderá o jardim tornar-se floresta?
18 Naquele dia, os surdos ouvirão as palavras do livro
e os olhos dos cegos verão,
no meio das trevas e das sombras.
19 Os humildes aumentarão sua alegria no Senhor,
e os mais pobres dos homens
se rejubilarão no Santo de Israel;
20 fracassou o prepotente,
desapareceu o trapaceiro,
e sucumbiram todos os malfeitores precoces,
21 os que faziam os outros pecar por palavras,
e armavam ciladas ao juiz à porta da cidade
e atacavam o justo com palavras falsas.
22 Isto diz o Senhor
à casa de Jacó, ele que libertou Abraão:
'Agora, Jacó não mais terá que envergonhar-se
nem seu rosto terá que enrubescer;
23 quando contemplarem as obras de minhas mãos,
hão de honrar meu nome no meio do povo,
honrarão o Santo de Jacó,
e temerão o Deus de Israel;
24 os homens de espírito inconstante conseguirão sabedoria
e os maldizentes concordarão em aprender'.
Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 26 (27), 1. 4. 13-14 (R.1a)
R. O Senhor é minha luz e salvação.

1 O Senhor é minha luz e salvação;*
de quem eu terei medo?
O Senhor é a proteção da minha vida;
perante quem eu tremerei? R.

4 Ao Senhor eu peço apenas uma coisa,*
e é só isto que eu desejo:
habitar no santuário do Senhor*
por toda a minha vida;
saborear a suavidade do Senhor*
e contemplá-lo no seu templo. R.

13 Sei que a bondade do Senhor eu hei de ver*
na terra dos viventes.
14 Espera no Senhor e tem coragem,*
espera no Senhor! R.

Evangelho - Mt 9,27-31
Dois cegos, crendo em Jesus, são curados.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 9,27-31 Naquele tempo:
27 Partindo Jesus, dois cegos o seguiram, gritando:
'Tem piedade de nós, filho de Davi!'
28 Quando Jesus entrou em casa,
os cegos se aproximaram dele.
Então Jesus perguntou-lhes:
'Vós acreditais que eu posso fazer isso?'
Eles responderam: 'Sim, Senhor.'
29 Então Jesus tocou nos olhos deles, dizendo:
'Faça-se conforme a vossa fé.'
30 E os olhos deles se abriram.
Jesus os advertiu severamente:
'Tomai cuidado para que ninguém fique sabendo.'
31 Mas eles saíram,
e espalharam sua fama por toda aquela região.
Palavra da Salvação.

Sobre as oferendas
Acolhei, ó Deus, com bondade nossas humildes preces e oferendas, e, como não podemos invocar os nossos méritos, venha em nosso socorro a vossa misericórdia. Por Cristo, nosso Senhor.

Antífona da comunhão
Esperamos um salvador, o Senhor Jesus Cristo; ele transformará, segundo a sua condição gloriosa, a nossa humilde condição (Fl 3,20s).

Depois da comunhão

Alimentados pelo pão espiritual, nós vos suplicamos, ó Deus, que, pela participação nesta eucaristia, nos ensineis a julgar com sabedoria os valores terrenos e colocar nossas esperanças nos bens eternos. Por Cristo, nosso Senhor. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário