sábado, 20 de fevereiro de 2016

Sábado, 1ª Semana da Quaresma

Cor Litúrgica: roxa
Queridos irmãos e irmãs, olhemos para Cristo trespassado na Cruz! É Ele a revelação mais perturbadora do amor de Deus, um amor em que eros e ágape, longe de se contraporem, se iluminam reciprocamente. Na Cruz é o próprio Deus que mendiga o amor da sua criatura: Ele tem sede do amor de cada um de nós. O apóstolo Tomé reconheceu Jesus como "Senhor e Deus" quando colocou o dedo na ferida do seu lado. Não surpreende que, entre os santos, muitos tenham encontrado no Coração de Jesus a expressão mais comovedora deste mistério de amor. Poder-se-ia até dizer que a revelação do eros de Deus ao homem é, na realidade, a expressão suprema do seu ágape. Na verdade, só o amor no qual se unem o dom gratuito de si e o desejo apaixonado de reciprocidade infunde um enlevo que torna leves os sacrifícios mais pesados. Jesus disse: "E Eu, quando for levantado da terra, atrairei todos a Mim" (Jo 12, 32). A resposta que o Senhor deseja ardentemente de nós é antes de tudo que acolhamos o seu amor e nos deixemos atrair por Ele. Mas aceitar o seu amor não é suficiente. É preciso corresponder a este amor e comprometer-se depois a transmiti-lo aos outros: Cristo "atrai-me para si" para se unir comigo, para que eu aprenda a amar os irmãos com o seu mesmo amor.
Bento XVI

Antífona da entrada: A lei do Senhor é perfeita, conversão para a alma. O testemunho do Senhor é verdadeiro, sabedoria para os simples (Sl 18,8).

Oração do dia: Convertei para vós, ó Pai, nossos corações, a fim de que, buscando sempre o único necessário e praticando as obras de caridade, nos dediquemos ao vosso culto. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

1ª Leitura – Dt 26, 16-19
Tu serás um povo consagrado ao Senhor, teu Deus.
Leitura do Livro do Deuteronômio
Moisés dirigiu a palavra ao povo de Israel e lhe disse: 16Hoje, o Senhor teu Deus te manda cumprir esses preceitos e decretos. Guarda-os e observa-os com todo o teu coração e com toda a tua alma. 17Tu escolheste hoje o Senhor para ser o teu Deus, para seguires os seus caminhos, e guardares seus preceitos, mandamentos e decretos, e para obedeceres à sua voz. 18E o Senhor te escolheu, hoje, para que sejas para ele um povo particular, como te prometeu, a fim de observares todos os seus mandamentos. 19Assim ele te fará ilustre entre todas as nações que criou, e te tornará superior em honra e glória, a fim de que sejas o povo santo do Senhor teu Deus, como ele disse'.
— Palavra do Senhor.

Salmo – Sl 118, 1-2. 4-5. 7-8 (R. 1b)
R. Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

1 Feliz o homem sem pecado em seu caminho, *
que na lei do Senhor Deus vai progredindo!
2 Feliz o homem que observa seus preceitos, *
e de todo o coração procura a Deus! R.

4 Os vossos mandamentos vós nos destes, *
para serem fielmente observados.
5 Oxalá seja bem firme a minha vida *
em cumprir vossa vontade e vossa lei! R.

7 Quero louvar-vos com sincero coração, *
pois aprendi as vossas justas decisões.
8 Quero guardar vossa vontade e vossa lei; *
Senhor, não me deixeis desamparado! R.

Aclamação do Evangelho: Salve, ó Cristo, imagem do Pai, a plena verdade nos comunicai!
Eis o tempo de conversão, eis o dia da salvação (2Cor 6,2).

Evangelho – Mt 5,43-48
Sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 43Vós ouvistes o que foi dito: 'Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!' 44Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem! 45Assim, vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e faz cair a chuva sobre justos e injustos. 46Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa? 47E se saudais somente os vossos irmãos, o que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? 48Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito.'
— Palavra da Salvação.

Oração sobre as ofertas: Nós vos pedimos, ó Deus, que este santo sacrifício nos restaure e nos torne dignos dos seus frutos. Por Cristo, nosso Senhor.

Antífona da comunhão: Sede perfeitos, diz o Senhor, como vosso Pai do céu é perfeito (Mt 5,48).


Depois da comunhão: Ó Deus, auxiliai com vosso constante favor aos que alimentais pela eucaristia e acompanhai com a vossa graça os que formastes com celestes ensinamentos. Por Cristo, nosso Senhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário