quarta-feira, 9 de março de 2016

Perfume Gratidão


Meu adorado Pai, Tu não Te esqueces de mim, nem por um segundo qualquer. Vivo e permaneço vivendo justamente pela Tua lembrança, incessante lembrança. Sou eu que me esqueço de Ti e dos Teus grandes favores, do Teu grande e infinito e gratuito amor. Vou de lembrança em lembrança, atravessando abismos de esquecimento, os quais me assustam com um aparente vazio de Tua presença. Esta só percebo quando estou em queda livre. Mas Tu Te lembras de mim todo o tempo e me resgatas o tempo todo e de forma tão tempestiva, a ponto de, mesmo caindo, receber de Ti estradas, nivelamentos e fontes d'água. Um faminto não se esquece da comida; um sedento não se desvia da sua sede; o grato não vai embora sem antes agradecer; o amante se entrega à amada e, por isso, não há espaço para vagos alheamentos; pois aquele que deseja vai se tornando parte do desejado. E eu? E eu que fui pensado por Ti, que fui criado por Ti, que sou sustentado por Ti, que sou amado por Ti, que sou resgatado por Ti, que sou agraciado, envolto na relação trinitária à qual não escapa sequer uma batida de asas? Eu, partícipe do Ser, desejo-Te, 'Eu Sou', e quero lembrar-me deste anseio agora e por toda eternidade; amo-Te, 'Aquele que É', e quero lembrar e viver este amor, gratuito amor, dentro e fora do tempo, aquém e além do espaço. Eu sou Teu, Pai, filho adotivo Teu, e jamais poderei eu esquecer-me de Ti. No entanto, que no abismal esquecimento eu ainda me lembre que se existe um abismo e nele estou caindo, é porque existe a elevação da qual provim: Tu, Aquele que jamais se esquecerá de mim! Obrigado, Senhor!


Um comentário:

  1. Que oração mais linda essa que Deus reservou para mim! ♡
    Ardeu como chama em meu peito!
    "Obrigada Senhor por nunca esquecer de mim"
    Que Jesus os abençoe sempre Comunidade Gratidão!
    ♡♡♡♡♡♡

    ResponderExcluir