sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Jesus quis instruir-me a respeito deste mistério.


Pôs diante dos meus olhos o livro da natureza e compreendi que todas as flores por ele criadas são belas, e que o esplendor da rosa e a brancura do lírio não tiram o perfume da humilde violeta nem a simplicidade encantadora da margarida... Compreendi que se todas as flores quisessem ser rosas, a natureza perderia sua pompa primaveril e os campos já não seriam salpicados de florzinhas...

O mesmo ocorre no mundo das almas, o jardim de Jesus. Ele quis criar grandes santos, que podem ser comparados aos lírios e às rosas; mas criou também outros menores, e estes devem se conformar em ser margaridas ou violetas destinadas a alegrar os olhos de Deus quando contempla seus pés. 

A perfeição consiste em fazer sua vontade, em ser aquilo que Ele quer que sejamos.

História de uma Alma. Santa Teresinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário